Qualidade ambiental

O tema e a questão da qualidade ambiental estão sendo quase diariamente citados em mídias sociais. A busca por qualidade de vida, melhores condições ambientais pela sociedade em diferentes locais levantam a reflexão sobre a temática.

Degradação ambiental, poluição (esgotos, lixo, etc..), descontrole demográfico, tragédias ambientais e entre outros levam a um desgaste no meio ambiental e consequentemente a redução na qualidade de vida. Em grandes centros urbanos os efeitos da degradação são mais facilmente constatados sem necessidade de testes específicos……. Só pelo ato de respirar às vezes verificamos. Afinal queremos viver sem qualidade ambiental?

Respondendo essa pergunta, muitos concordaram comigo NÃO!!  Queremos qualidade vida! Mas afinal o que podemos fazer?

Primeiramente há necessidade de conscientização social expondo à temática e com atitudes que proporcione a mudança, tais como reciclagem, utilização de transportes públicos e rotatividade de carros, seriam alguns dos meios. A implementação de consciência ambiental já nas séries iniciais de educação, formariam cidadãos informados e engajados com a causa. Numa segunda alternativa entraria o papel das politicas públicas, com projetos, financiamentos, fiscalização, planos de ação e planejamento de forma efetiva destinada ao meio ambiente. Talvez se a gestão ambiental pública tivesse sido mais exigente, não poderíamos ter evitado tragédias ambientais como no caso de Mariana – MG.  Em uma terceira hipótese entra a questão da Gestão ambiental, ou seja, administração dos recursos econômicos e sociais do meio ambiente de forma racional.

A gestão ambiental já está sendo realizada em alguns meios. È possível notificar empresas com planejamento socioambiental e ainda como alternativa econômica. Já que está é um o mercado em expansão. Muitas empresas estão especializando em projetos integração empresa/meio ambiente principalmente com novas tecnologias, produtos provenientes de reaproveitamento e certificações nacionais e internacionais (ISO).

Um simples projeto de logística reversa contribui para redução de resíduos lançados ao meio ambiente e geram redução de custos e aumento de lucros com reaproveitamento de material nas indústrias e empresas. Alguns setores indústrias para implantação, o projeto de logística reversa é obrigatório.

Seguindo algumas regras e mudanças é possível à preservação ambiental e consequentemente aumento na qualidade de vida e em diferentes locais e grupos sociais. E ainda ser uma alternativa econômica no mercado em crise.

 

Precisa de Orientação para Gestão Ambiental aí na sua empresa?  Entre em contato temos os melhores profissionais do mercado para atende-los.

Linkedin – Mara C. de Almeida é  Engenheira de Pesca|Docente|Matemática|Pesquisadora

Foto: Internet: Cubatão em tempos de poluição.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: